Médico chegou no São José como suspeito e todos os protocolos foram cumpridos

Hospital São José
Maurício Maron

Em primeira mão. A Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus criou um gabinete de acompanhamento no Hospital São José, um dos maiores da cidade. O médico L.R.D. que tornou-se o primeiro caso positivo de Covid-19 no município foi atendido na Unidade de Emergência do Hospital São José. De acordo com o provedor Eusínio Lavigne, toda e qualquer informação a respeito do caso serão respondidos pela enfermeira Marleide Figueiredo e pelo infectologista Júlio Gusmán.

Procurados, Gusmán falou. "Ele veio ao hospital com sintomas da doença e o tempo todo foi tratado como suspeito. Os médicos estiveram devidamente paramentados e fizeram um tratamento de excelência, posso garantir", disse Gusmán. De acordo com o infectologista o teste feito no hospital deu positivo e o médico/paciente foi encaminhado para a residência com o relatório de notificação de isolamento, que foi devidamente cumprido", continuou.

O Jornal Bahia Online apurou que ainda hoje o paciente voltou ao hospital para uma consulta de emergência. Continuou a ser atendido como suspeito e todos os protocolos foram devidamente cumpridos. De acordo com Gusmán o trabalho agora é da Vigilância Epidemiológica do Município que deverá fazer a investigação dos possíveis contatos dele com as pessoas do círculo dele, pacientes ou não, e ver se há outros suspeitos que precisam ser testados.

A enfermeira Marleide Figueiredo informou há pouco que o departamento juridico do hospital está preparando uma nota pública, que será liberada ainda hoje. Sobre a notícia de que o médico atuaria no corpo clínico do hospital, Marleide informou que o ultimo mês que ele trabalhou na Santa Casa foi em dezembro de 2019

 

pompy wtryskowe|cheap huarache shoes| bombas inyeccion|cheap jordans|cheap air max| cheap sneaker cheap nfl jerseys|cheap air jordanscheap jordan shoes