DCE reage à declarações de vereador; ´Ele incita o ódio´, diz entidade

Josimar Ferreira
Maurício Maron

O coordenador do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC), Josimar Ferreira, criticou o pronunciamento feito pelo vereador Aldemir Almeida, do Partido Progressista (PP) de Ilhéus que, na sessão ordinária da Câmara na tarde de ontem (20), chamou estudantes universitários de "vagabundos" e instituições como a UNE (União Nacional dos Estudantes) de "quadrilha que recebe milhões e milhões e que nada faz em prol da classe estudandil". Em nota, o DCE lamenta que o parlamentar "incite o ódio contra estudantes universitários e entidades estudantis, nesse momento em que a educação sofre vários ataques em seu direito de existir em nosso país".

Ainda durante seu pronunciamento, o vereador - que é médico - é acusado de preconceito à alguns setores a sociedade, na medida em que afirma que "um bando de vagabundo, dez anos na universidade, não estudam (...) principalmente determinados cursos como sociologia, teatro e outras porras mais que tem por ai (...) vai pra faculdade pichar". Na opinião do vereador, "violência não se combate com conversa. Se combate com violência". Complementando seu raciocínio, Aldemir afirmou que a "OAB não serve para porra nenhuma, a não ser para defender bandido". 

A OAB local ainda não se manifestou a respeito das declarações do vereador. A sociedade civil também aguarda um posicionamento do Partido Progressista de Ilhéus, do qual o vereador é filiado, e da própria Câmara, instituição que deve representar as causas democráticas de Ilhéus e dos ilheenses.

 

pompy wtryskowe|cheap huarache shoes| bombas inyeccion|cheap jordans|cheap air max| cheap sneaker cheap nfl jerseys|cheap air jordanscheap jordan shoes