Marão diz que pesquisa definirá quais serão os secretários que vão ficar

Uma pesquisa popular, que está em andamento em Ilhéus, vai definir o futuro dos ocupantes de cargos comissionados na Prefeitura. A declaração foi dada há pouco pelo prefeito Mário Alexandre, entrevistado pelo radialista Vila Nova. "Será uma pesquisa qualitativa que vai definir quem fica ou quem sai, quem o povo aprova o trabalho", reconheceu Mário. "Primeiro preciso ouvir o que o povo está pensando da minha gestão. Estou decidido, mas primeiro vou ouvir o que o povo pensa", disse. A declaração é a primeira dada pelo prefeito, após os resultados da eleição em Ilhéus.

Mário criticou o grande número de candidatos locais que tentaram a eleição e, numa análise indireta, sem citar nomes, disse que houve até candidatura que teve apenas a intenção de impedir a reeleição da deputada Ângela Sousa, mãe do prefeito, que tentava o seu quarto mandato consecutivo. Também falou sobre sua gestão e disse que não poderia consertar irresponsabilidades construídas durante mais de 20 anos de gestões, em menos de dois anos de mandato. Reconheceu também que esteve ausente da campanha da mãe e deixou esta missão nas mãos de secretários e de vereaores. "Errei por que as pessoas queriam mesmo era falar comigo. Vou voltar a fazer isso, por que isso é minha forma de fazer política", completou.