Cacau Bahia 2035 reúne agricultores, indústria, turismo e desenvolvimento

Com a finalidade de agregar todos os agentes da cadeia produtiva para promover o desenvolvimento econômico sustentável e competitivo, do plantio cuidadoso para a preservação da Mata Atlântica à produção industrial em larga escala, passando por pequenos agricultores familiares e a diversificação de produtos, será constituído no próximo nesta terça-feira (21), às 8h30, no Hotel De Ville, em Salvador um novo marco na história do Cacau da Bahia. 

Serão validados o Sistema e Arranjo Produtivo Local (APL) do Cacau e Chocolate, uma carta aberta, uma portaria para beneficiar produtores do cacau cabruca, um plano de trabalho e a Rota do Cacau. Além disso, uma loja de degustação com 40 marcas de chocolate e diversas palestras que darão um panorama do Cacau no Brasil e no Mundo, com representantes do governo estadual e federal, institutos de pesquisa e indústria.