Mundial de Surf em Itacaré terá shows, manobras radicais e ações ambientais

Itacaré passa a ser considerada, a partir desta quinta-feira, como a capital mundial do surf, com a realização do Mundial QS1.000 de Surf Masculino e Feminino, que acontece até o dia 21 de outubro, na Praia da Tiririca, e vai reunir atletas de diversos países. Paralelo ao Mundial de Surf vai acontecer o Itacaré Surf Music, nos dias 19 e 20, com grandes atrações nacionais, a exemplo de Maneva, Ponto de Equilíbrios, Adão Negro., Bruta Raça, Dost e o DJ XFour.

Um dos pontos altos do evento será o trabalho de conscientização ambiental envolvendo os alunos das escolas públicas e particulares de Itacaré. Em parceria com a Associação de Surf de Itacaré (ASI Ambiental), instituições ambientais locais e a rede de ensino de Itacaré, serão realizadas oficinas monitoradas, apresentações de ações ambientais e culturais, mostra de vídeos e exposições voltadas para a sustentabilidade. O objetivo é passar informação de uma maneira lúdica e dinâmica no intuito de estimular a assimilação da preservação do meio ambiente, além de oferecer conhecimento ambiental de uma forma positiva e saudável para que os alunos levem a informação para o seu convívio social.

Uma das ações oferecidas será a plantação de árvores. As mudas foram produzidas e doadas pelo Instituto Floresta Viva e Biofábrica com sementes de árvores da região da Costa do Cacau. Esta ação será gerenciada pela Secretaria de Meio Ambiente e Instituto Floresta Viva. Utilizando recreação pedagógica, as instituições ambientais parceiras do evento também apresentarão seus trabalhos. Durantes as oficinas os estudantes terão palestras sobre gestão de resíduos, animais marinhos, fauna e flora local, turismo lúdico, inclusão social, entre outros temas que serão abordados nesta edição pelas instituições participantes.

Cento e cinquenta alunos, na faixa etária de 08 a 12 anos, além de participarem das ações ambientais, poderão assistir o campeonato de surf, ganharão camisas e bonés do evento e um delicioso lanche produzido pela agricultura familiar local. Os alunos e o professor serão conduzidos da escola até o evento por ônibus disponibilizado pela Secretaria de Transporte

O prefeito de Itacaré, Antônio de Anízio, destacou a importância do município sediar mais uma vez esse evento internacional e trazer de volta a etapa também a categoria Feminino. Outro ponto importante, segundo ele, é o legado que fica para a preservação do meio ambiente, envolvendo os estudantes, professores e os turistas, numa grande ação para garantir um ambiente natural muito mais saudável.