Espetáculo teatral gaúcho se apresenta dia 15, no centro

‘Automákina, universo deslizante’ terá apresentação única no dia 15 deste mês, a partir das 19 horas, na Praça Dom Eduardo, no centro histórico de Ilhéus. Patrocinado pelo Ministério da Cultura e Petrobrás, e com o apoio da secretaria municipal da Cultura (Secult), o espetáculo teatral gaúcho tem uma hora de duração, cujas montagem e desmontagem são desenvolvidas aos olhos da própria comunidade. A atuação é do ator Luciano Wieser, e direção de Jackson Zambelli.

Os produtores do espetáculo informam que a peça teatral “apresenta um cenário móvel, resultado de pesquisa inovadora do grupo que propõe levar para a rua um aparato cênico impar em qualidade visual e sonora, uma máquina gigante medindo sete metros de comprimento por oito metros de altura, o que aumenta a sua dramaticidade. São poucos grupos que pesquisam esta especificidade do teatro com maquinarias, o que resulta em processo rico de arte visual e de intervenção urbana, livre para todo o público”.

Destaca ainda a produção que o ‘Automákina, universo deslizante’ traz uma linguagem que mescla o virtuosismo das técnicas circenses e a poética do teatro de rua, o simbolismo do teatro de bonecos com seus personagens autômatos fazendo uma metáfora à existência humana. “Trata de uma questão pertinente a todos os homens de todos os tempos: a arte da sobrevivência”.

Já o secretário da Cultura de Ilhéus, Pawlo Cidade, diz que “é um espetáculo de teatro de rua que tem proposta de emocionar e é destinado a todas as idades. Com certeza, o ‘Automákina, universo deslizante’ vai surpreender o público desde seu início ao fim. Além disso, a estética do espetáculo é associada à dramaturgia, e a montagem vai trazer várias surpresas e impactar as pessoas que irão assistir”.

Outros eventos na programação – Dois dias antes da apresentação teatral ‘Automákina, universo deslizante’, na Praça Dom Eduardo ocorrem dois eventos distintos: quarta-feira (13) está programada a oficina “O ator inventivo”, e quinta-feira (14) acontece o intercâmbio com o Teatro Popular de Ilhéus e artistas locais.