Nibs apresenta possibilidades para empreender e inovar

A Nave de Inovação Bahia Sustentável (Nibs) foi aberta nesta quinta-feira, 10, no Centro de Convenções de Ilhéus, com a presença de autoridades municipais, estaduais e a sociedade civil organizada. O público era formado por estudantes, empreendedores e profissionais liberais, todos em busca de ampliar seus conhecimentos com ideias inovadoras.

A professora e microempreendedora individual, Luciene Oliveira, foi ao evento queria aprender mais sobre a área de empreendedorismo para transmiti os conhecimentos aos seus alunos no curso técnico de turismo. Já a estudante de Medicina Veterinária, Manoela Nascente, participou do primeiro dia da Nibs com a expectativa de conhecer novas ideias e formatar um projeto empreendedor.

Iniciativas como essas correspondem ao ideal traçado pelo organizador do evento, Marco Lessa. “Queremos fazer com que os jovens possam se conectar com outras formas de empreender”, destacou. O encontro reúne especialistas em inovação e tecnologia que para discutir, até sábado, 12, temas diversos e atuas, exemplo da transversalidade do cacau e do turismo.

Com a mesma expectativa, a gerente regional do Sebrae em Ilhéus, Claudiana Figueiredo, declarou que aposta na democratização do conhecimento em inovação e tecnologia para micro e pequenos empresas, potenciais empresários e startups, além de agregar o público jovem. “Está à disposição dos pequenos negócios o que há de melhor em tecnologia e inovação”, destacou a gestora.

Ainda na abertura, o evento foi também palco para discutir os impactos causados pelas mudanças tecnológicas. O consultor e presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos – ABRH, Cezar Almeida, falou que essas transformações vão impactar a vida das pessoas e o mundo dos negócios.

Nesse contexto, ele destacou as características do líder do futuro, que além de ser uma pessoa inovadora e especialista em tecnologia, ele deverá ser humanitário e preocupado com as relações sociais. “As pessoas são as mais afetadas com as mudanças. Precisamos mudar o jeito como lidamos com as pessoas, quebrar paradigmas criados pela sociedade”.

 

O primeiro dia do evento contou com a presença do diretor da Secretaria de Turismo do Estado, Jorge Ávila, o chefe de gabinete da Secretaria de Tecnologia, Igor Galvão, a diretora-presidente do Instituto Nossa Ilhéus, Maria do Socorro Mendonça, o secretário de Indústria e Comércio de Ilhéus, Paulo Sérgio, o presidente da Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), Rafael Espírito Santo e Alessandro Guedes representante do Sistema Fieb.

 

Na grade da programação, que encerra no sábado, 12, estão previstos a realização do Fórum de Turismo da Costa do Cacau e a Feira Nave, com a exposição dos produtos do segmento de turismo, inovação, tecnologia e economia criativa. Além disso, acontece o Chocotec, com os temas tecnologia e inovação para produtores de cacau e chocolate com apresentação de softwares de gestão para propriedades rurais.

 

A programação de sábado conta ainda com Clínicas Tecnológicas com as temáticas design de embalagens, conservação de energia e design digital. Serão realizados também a oficina de Design Thinking e o Tecnotalk, com palestras e painéis sobre as grandes novidades da área de tecnologia, inovação e empreendedorismo.

A programação completa está disponível no site nibisbahia.com