Festa Literária fomenta cultura e estimula a leitura em Ilhéus

A Festa Literária de Ilhéus tem como proposta o interesse no fomento da cultura e leitura, e valorizar iniciativas voltadas para as diversas formas de acessar conhecimento. O evento que acontece de 15 a 18 deste mês, reúne em espaços culturais debates, oficinas, feira de livros, exposições e saraus. Na programação prevê para o dia 15, a partir das 14 horas, leitura e contação de estórias para crianças e professores, no bosque da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), com equipe do Núcleo de Artes (Nau) e do Programa Nacional de Incentivo à Leitura (Proler), da universidade.

 

Já às 18h30min ocorre o lançamento coletivo de livros, no auditório da Uesc, seguido de bate-papo "Leituras democráticas: juventudes, livros e zaps", tendo como convidada a escritora Luzia de Maria, e mediadora a escritora Maria Luiza Nora. Em seguida, está prevista apresentação musical com Zezo Maltez (saxofone) e Ricardo Maciel (guitarra), com coquetel de lançamento coletivo de 27 livros publicados pela Editus (Editora da Uesc) que são obras nas áreas do conhecimento, a exemplo de comunicação, cultura, literatura, história e economia.

 

Inúmeros eventos - No dia 15, às 9 horas, no calçadão da Rua Jorge Amado serão montados estandes com títulos variados de editoras universitárias filiadas à Associação Brasileira das Editoras Universitárias e editoras comerciais, que serão comercializados com desconto para assegurar a política de favorecer o acesso ao conhecimento. Também no mesmo dia, às 9 horas, no pavilhão Adonias Filho, sala 2109, na Uesc, acontece uma conversa sobre a importância e estratégias de leitura e formação de leitores. A atividade é realizada pelo Núcleo de Artes (Nau) e Proler, da Uesc. A palestrante é a escritora Luzia de Maria.

 

A partir das 9 horas do dia 17 acontecem jogos educativos e leitura ao ar livre com a equipe da Biblioteca de Extensão da Fundação Pedro Calmon; às 10 horas, apresentação teatral “A fórmula de histórias com Tutu e Zalum”, às 10h30min, oficina de teatro, com Raí Santana; 11 horas, contação de estória “Tonico descobre que é de todo lugar”, com a professora Maria Luiza Santos, da Uesc; às 11h30min, oficina literária com a equipe da biblioteca da Fundação Pedro Calmon.

 

Jogos e contação de estórias - Também às 14 horas do mesmo dia ocorrem jogos educativos e leitura ao ar livre também com a equipe da biblioteca da Fundação Pedro Calmon; às 14h30min, com a companhia de teatro Cabriola, “A história que a manhã contou ao tempo”; às 15h30min, apresentação teatral “A fórmula de histórias”, com Tutu e Zalumàs 16 horas, contação de estórias de livro infantil com a professora Leônidas Azevedo, da Uesc; às 16h30min, sarau poético com a rapper MC Noblah; às 17 horas, jogos educativos e leitura ao ar livre com a equipe da biblioteca da Fundação Pedro Calmon.

 

A Festa Literária de Ilhéus vai agregar duas iniciativas culturais da cidade: a VI edição da Feira do Livro da Uesc e III Edição do Festival Literário de Ilhéus. A ação é resultado de parceria da Prefeitura de Ilhéus, Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Fundação Pedro Calmon, instituição ligada à secretaria estadual de Cultura e Academia de Letras de Ilhéus.