Ilhéus fez o maior réveillon do interior da Bahia

Quando às 11h55min da noite de ontem (1º) a cantora Solange Almeida, a última atração nacional prevista para a se apresentar, subiu ao palco montado na avenida Soares Lopes, em Ilhéus, a cidade dava adeus ao maior réveillon realizado no interior da Bahia. Foram três dias de festa, que reuniu no Circuito Réveillon da Alegria, artistas consagrados da música nacional e “pratas da casa” em busca de um lugar ao sol.

“Recebemos o ano novo em grande estilo, com a marca e a hospitalidade do povo de Ilhéus”, resumiu o prefeito Mário Alexandre, fazendo questão de destacar os 100 por cento de ocupação da rede hoteleira da cidade, estimada em 6 mil leitos. O prefeito foi a todos os dias da festa. Desceu, caminhou pelo circuito, ouviu ilheenses e turistas. “Esta é a pesquisa mais confiável que podemos ter sobre a resposta da festa. As pessoas elogiaram a organização, vibraram com as atrações e receberam o novo ano cheias de otimismo”, disse.

No circuito da festa, os ambulantes também comemoravam. Vanderson Novaes há mais de três anos ganha dinheiro na chegada do ano novo, produzindo drinks. “Foi bom, muito bom”, resumiu. Este ano, para dar conta da demanda, convocou a esposa, a cunhada e a sobrinha para auxiliá-lo. A ambulante Selma França, calcula que, por noite, comercializou mais de uma centena de coquetéis, numa festa onde a venda de cerveja superou as expectativas.

Por isso, Sebastião Silva, também comemorava tanto a quantidade de latas recolhidas que serão levadas para a reciclagem. O serviço de limpeza pública, setor ligado à Secretaria de Serviços Urbanos (Secsurb) estima que, no período, foram retirados das ruas de Ilhéus 150 toneladas de lixo domiciliar e 480 toneladas de entulho por dia. No circuito da festa 50 garis atuaram todos os dias para manter a higiene do local.