Fim de semana movimenta ruas, praias e espaços religiosos e culturais de Ilhéus

Os principais equipamentos de visitação pública de Ilhéus ficaram abertos neste domingo (17) para atender ao grande fluxo de pessoas que circularam na cidade neste final de semana. Além do Transatlântico MSC que atracou no Porto de Malhado com 2.900 passageiros e cerca de mil tripulantes, Ilhéus recebeu autoridades religiosas e milhares de fiéis que participaram da ordenação de Dom Aldemiro Sena, como o novo bispo da Diocese de Guarabira (PB).

Prédios históricos que hoje abrigam museus, bares e restaurantes, como Bataclan, Palácio Paranaguá, Casa de Cultura Jorge Amado, Vesúvio, Teatro Municipal e Catedral de São Sebastião foram alguns dos equipamentos que funcionaram para atender a demanda. Guias e estagiários do curso técnico de Turismo, mostraram parte da história da nossa cultura e de nossa gente.

Elogios - “Tudo bem lindo”, definiu Cassio Regim, de Santa Maria, interior do Rio Grande do Sul. Bruna Gorski, amiga que o acompanhava, achou a cidade com temperatura muito elevada. Mas disse que o maior calor encontrado foi o calor humano. “As pessoas são acolhedoras. Eu quero voltar aqui”, resumiu.

Elogios dos visitantes, bons negócios para quem abriu as portas do empreendimento. Wellinghton Ferreira, dono do restaurante Gabriela, se mostrou satisfeito com o movimento. “Quando recebemos grupos de turistas, como os de hoje, faz a diferença, o nosso movimento multiplica”, disse. O empresário Camilo Carvalho, sócio do Bar Vesúvio, o local mais procurado pelos visitantes, destacou a importância do equipamento, definindo-o como “cenário de novelas e contos de Jorge Amado, que fica no imaginário das pessoas”.

Eventos marcantes - Logo cedo, equipe de técnicos da Secretaria Municipal de Turismo e Esporte (Setur), deu boas-vindas aos visitantes que chegaram pelo Porto de Malhado. Grupos afros e “Gabrielas” animaram a chegada e entregaram folhetos com informações sobre a cidade. Na praça da Catedral de São Sebastião fieis se aglomeravam para acompanhar a ordenação do primeiro bispo formado na Diocese de Ilhéus.

“Um momento histórico e de fé”, na definição do vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal. Já o prefeito Mário Alexandre destacou a honra em poder participar de um evento tão importante para os fiéis da igreja católica. ”É o primeiro padre ilheense a receber uma Ordenação Episcopal. Padre Miro vai levar consigo o nome da nossa cidade”, afirmou.

O último final de semana da Primavera 2017 em Ilhéus foi marcado pelo clima de despedida, fé e devoção, de visitas, conhecimento da nossa da cultura e de inúmeras opções lazer, com pessoas encantadas com o que a Terra de Jorge Amado pode oferecer a quem vibra em conhecer a nossa gente e a nossa história.