O exemplo que não vem de casa

Carro da Prefeitura em uma rampa de acessibilidade
Leitor

Leitor do site enviou esta foto, registrada hoje no final da manhã. Fosse um cidadão comum, por certo a Prefeitura agiria e multaria o motorista infrator por estar impedindo a acessibilidade de cadeirantes nesta rampa localizada na Igreja Matriz de São Jorge.

Mas, e neste caso, como agir? O que fazer quando os próprios servidores públicos cometem a ilegalidade?

Este veículo é da secretaria municipal de Saúde. O agente do governo, responsável por sua condução, deveria ser - e dar - exemplo. Não é - nem dá. O registro nada mais revela que a indignação de um cidadão comum que quer que o governo (qualquer que seja ele) se olhe no espelho antes de usar a sua autoridade para punir e faturar alto por isso.

pompy wtryskowe|cheap huarache shoes| bombas inyeccion|cheap jordans|cheap air max| cheap sneaker cheap nfl jerseys|cheap air jordanscheap jordan shoes