Obrigado a ingerir cachaça, calouro da UESC entra em coma

Uesc
Ascom Arquivo

Por muito pouco um trote de estudantes da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) não termina em tragédia. Neste final de semana, cerca de 15 estudantes veteranos obrigaram um calouro a ingerir uma garrafa de "corote".

A vítima, de 18 anos, que nunca havia bebido antes, segundo familiares, entrou em coma alcólico. Foi preciso, segundo denúncias de familiares, o pai da vítima ir até o local do trote para resgatar I.M.C. e levá-lo para o hospital.

Calouro do curso de Engenharia da Produção, o estudante alega que desde o início da semana foi obrigado a arrecadar dinheiro para viabilizar uma festa para os veteranos. Na sexta, foi cercado por outros jovens que ordenaram que ele ingerisse a cachaça. O estudante não resistiu aos efeitos da bebida e desmaiou.

Segundo familiares, I.M.C. já está fora de perigo. M.B., mãe da vítima, está oficializando uma queixa junto à reitoria da universidade. Até o momento, a reitoria não se manifestou sobre o incidente. Este, por sinal, não foi o único incidente ocorrido nas comemorações da chegada dos calouros.

Numa festa ocorrida em um bar localizado nas proximidades do campus da Uesc, dois estudantes brigaram e causaram tumulto no ambiente. Depois de uma discussão, os estudantes trocaram socos e por pouco não vira uma briga generalizada.

pompy wtryskowe|cheap huarache shoes| bombas inyeccion|cheap jordans|cheap air max| cheap sneaker cheap nfl jerseys|cheap air jordanscheap jordan shoes