Prefeitura cobra 7 mil reais de IPTU de um apartamento do Minha Casa, Minha Vida

A prova do absurdo
Reprodução

Erro de digitação? Muito Provavelmente. Mas se não for, eis um absurdo. Um morador do programa popular Minha Casa, Minha Vida, em Ilhéus, terá que pagar a quantia de sete mil 87 reais e 98 centavos de Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para morar no bairro do Banco da Vitória em um apartamento da rua Rio Acuípe.

Casos como estes começaram a aparecer na cidade, após a distribuição dos carnês, efetuada pele Setor de Tributos da Prefeitura. O morador garante que procurou o setor responsável e foi informado que "o cálculo está certo" mesmo diante dos argumentos que o que está sendo cobrado é absurdo e o equivalente à metade do valor venal do seu imóvel recém adquirido.

Hoje à tarde, diversos contribuintes foram à Câmara de Vereadores pedir ajuda. Esse não é, portanto, um caso isolado. Ganhou notoriedade pelo valor absurdo cobrado. Mas quantos outros, menos perceptíveis, devem ter passado pelo setor e deverão ser pagos pelo contribuinte? Ou você duvida disso?

pompy wtryskowe|cheap huarache shoes| bombas inyeccion|cheap jordans|cheap air max| cheap sneaker cheap nfl jerseys|cheap air jordanscheap jordan shoes